Transporte 19/06/2020 - 09:21 - Daianne Fernandes/Governo do Estado

Órgãos estaduais que atuam na fiscalização de transporte reúnem-se para planejar ações conjuntas

A reunião foi realizada na sede da ATR, nesta quinta, 18 A reunião foi realizada na sede da ATR, nesta quinta, 18 - Daianne Fernandes/Governo do Estado

Órgãos de fiscalização do governo do Tocantins ser reuniram nesta quinta-feira, 18, para criar uma agenda conjunta de ações. Com campos de atuação que podem ser complementar, gestores e técnicos da Agência Tocantinense de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (ATR), do Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran-TO), da Polícia Militar (PM-TO) e da Vigilância em Saúde, falaram da importância de construir um planejamento estratégico de fiscalizações.

Segundo o presidente da ATR, Edson Cabral, o momento atual pede cada vez mais a união de forças entre os órgãos. “Precisamos pensar essas fiscalizações no campo estratégico, garantindo que estas operações sejam mais efetivas, eficientes e com otimização de recursos estaduais”, destacou.

Entre as deliberações da reunião, ficou definida a criação de um Grupo de Trabalho que vai observar as agendas de ações destes órgãos e planejar ações conjuntas. O presidente do Detran, Claúdio Alex, aplaudiu a idéia, e pontuou que já vinham levantando a necessidade de unificar forças com a ATR, principalmente na fiscalização de ônibus e vans, que devem seguir regras de trânsito específicas. “O poder estadual ganha muito com essa ação, principalmente no fortalecimento da imagem do setor de fiscalização do Estado, que tem papel primordial na garantia da segurança da população”, disse.

A importância da presença da PM também foi destacada pelo grupo e garantida pelo comandante da PM, Coronel Jaizon Barbosa.  “Em uma barreira de trânsito, o suporte da PM garante a segurança de quem está fiscalizando e de quem é fiscalizado, já que ao avistar um policial, os condutores demonstram menos resistência em parar”, frisou.

E como estamos em uma situação atípica de pandemia da Covid-19, a  presença da vigilância em saúde também é essencial, no sentido de garantir que todas as medidas que garantem a proteção à saúde do tocantinense, estão sendo observadas e adotadas. Segundo a superintendente de vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde, Perciliana Bezerra, a SES pode contribuir muito com a articulação, principalmente nos municípios, onde já tem uma rede de vigilância formada e atuante.

Com o pontapé da reunião, o grupo agora deve reunir técnicos responsáveis para discutir as agendas e planejar as ações em comum, bem como criar uma campanha de comunicação com foco no transporte regular, principalmente neste mês de julho, quando o fluxo nas estradas aumenta dentro do Estado, devido ao período de praias.